Ministro das Comunicações, Fábio Faria, é diagnosticado com covid-19

O ministro Fábio Faria, que teve diagnóstico positivo de covid-19 Carolina Antunes/PR O ministro das Comunicações, Fábio Faria, teve diagnóstico positivo para covid-19 nesta quinta-feira (15). Em vídeo postado em rede social, Faria afirma que está bem, sem sintomas e que continuará cumprindo agenda e trabalhando de casa. O ministro conta que esteve em jantar na semana passada, onde várias pessoas depois apresentaram os sintomas da doença. Ele fez exames que deram negativo. Na quarta-feira, Faria apresentou dor de cabeça e febre que chegou a 37,1 graus. Dois testes deram negativo. Mas nesta quinta-feira, saiu o resultado do exame PCR com diagnóstico positivo para covid-19.  Coronavírus pic.twitter.com/3pxBZMqsGj— Fábio Faria  (@fabiofaria5555) October 15, 2020 "Ontem mesmo comecei tratamento com hidroxicloriquina e azitromicina e estou com zero sintomas, a dor de cabeça foi embora e vou continuar trabalhando e cumprindo a agenda integral em home office", afirmou o ministro.

Ministro das Comunicações, Fábio Faria, é diagnosticado com covid-19
O ministro Fábio Faria, que teve diagnóstico positivo de covid-19 Carolina Antunes/PR O ministro das Comunicações, Fábio Faria, teve diagnóstico positivo para covid-19 nesta quinta-feira (15). Em vídeo postado em rede social, Faria afirma que está bem, sem sintomas e que continuará cumprindo agenda e trabalhando de casa. O ministro conta que esteve em jantar na semana passada, onde várias pessoas depois apresentaram os sintomas da doença. Ele fez exames que deram negativo. Na quarta-feira, Faria apresentou dor de cabeça e febre que chegou a 37,1 graus. Dois testes deram negativo. Mas nesta quinta-feira, saiu o resultado do exame PCR com diagnóstico positivo para covid-19.  Coronavírus pic.twitter.com/3pxBZMqsGj— Fábio Faria  (@fabiofaria5555) October 15, 2020 "Ontem mesmo comecei tratamento com hidroxicloriquina e azitromicina e estou com zero sintomas, a dor de cabeça foi embora e vou continuar trabalhando e cumprindo a agenda integral em home office", afirmou o ministro.