Vaticano confirma caso de Covid na residência Santa Marta, onde vive Papa Francisco

Pontífice não está com a doença e é testado frequentemente; paciente infectado não apresenta sintomas e foi colocado em isolamento. Padre caminha pela Via della Conciliazione, próxima à Cidade do Vaticano, em foto de 2 de setembro Remo Casilli/Reuters/Arquivo O Vaticano anunciou no sábado (17) que um morador da residência Santa Marta, onde também mora o Papa Francisco, foi diagnosticado com a Covid-19 e colocado em isolamento. Segundo a agência de notícias Reuters, o homem, que não foi identificado, não apresentou sintomas da doença e foi colocado em isolamento, assim como pessoas que tiveram contato com ele. Um outro morador da residência que abriga cerca de 130 quartos e suítes teve um resultado positivo para o coronavírus durante o auge da pandemia na Itália, em março. Francisco, que teve parte do pulmão retirada por conta de uma infecção enquanto era mais novo, na Argentina, é testado regularmente para a Covid. Ele continua a cumprir com sua agenda oficial neste sábado e recebeu três pessoas em três audiências privadas, além disso, se reuniu com um grupo de policiais italianos. A Cidade do Vaticano, é uma pequena cidade-estado no meio de Roma. A capital italiana foi atingida fortemente pela pandemia da Covid-19 entre março e abril, enquanto que a sede da Igreja Católica registrou apenas 12 casos da doença. Três moradores do Vaticano que recentemente foram diagnosticados com o coronavírus se recuperaram, segundo um comunicado publicado neste sábado. Na semana passada, quatro membros da Guarda Suíça, a força de elite que protege o Papa, testaram positivo para a Covid.

Vaticano confirma caso de Covid na residência Santa Marta, onde vive Papa Francisco
Pontífice não está com a doença e é testado frequentemente; paciente infectado não apresenta sintomas e foi colocado em isolamento. Padre caminha pela Via della Conciliazione, próxima à Cidade do Vaticano, em foto de 2 de setembro Remo Casilli/Reuters/Arquivo O Vaticano anunciou no sábado (17) que um morador da residência Santa Marta, onde também mora o Papa Francisco, foi diagnosticado com a Covid-19 e colocado em isolamento. Segundo a agência de notícias Reuters, o homem, que não foi identificado, não apresentou sintomas da doença e foi colocado em isolamento, assim como pessoas que tiveram contato com ele. Um outro morador da residência que abriga cerca de 130 quartos e suítes teve um resultado positivo para o coronavírus durante o auge da pandemia na Itália, em março. Francisco, que teve parte do pulmão retirada por conta de uma infecção enquanto era mais novo, na Argentina, é testado regularmente para a Covid. Ele continua a cumprir com sua agenda oficial neste sábado e recebeu três pessoas em três audiências privadas, além disso, se reuniu com um grupo de policiais italianos. A Cidade do Vaticano, é uma pequena cidade-estado no meio de Roma. A capital italiana foi atingida fortemente pela pandemia da Covid-19 entre março e abril, enquanto que a sede da Igreja Católica registrou apenas 12 casos da doença. Três moradores do Vaticano que recentemente foram diagnosticados com o coronavírus se recuperaram, segundo um comunicado publicado neste sábado. Na semana passada, quatro membros da Guarda Suíça, a força de elite que protege o Papa, testaram positivo para a Covid.